Grito dos/as Excluídos/as por trabalho, terra, teto e pão ocorre neste 7 de Setembro

Contra o projeto ultraneoliberal implementado pelo governo Bolsonaro no país e em São Paulo por João Doria, que aprofunda a desigualdade social, num cenário já muito dramático de pandemia – com mais de 123 mil mortos e que ultrapassa os 4 milhões de contaminados pela covid – o Grito dos (as) Excluídos (as) realiza sua 26º edição com o lema “Vida em primeiro lugar” e o mote “Queremos trabalho, terra, teto e participação”, com atividades em todo o país, nesta segunda-feira, 7 de Setembro.

Na capital de São Paulo os movimentos populares manterão a já tradicional manifestação na Praça Oswaldo Cruz, na Avenida Paulista, às 10 horas. Organizado pela Central de Movimentos Populares em conjunto com outras entidades dos movimentos populares, socais e sindicais, o ato será presencial, respeitando o distanciamento por causa da Covid-19.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: