Em carta, CMP-AM denuncia caos na Saúde do Amazonas e o descaso e inércia do governo Bolsonaro

A Central de Movimentos Populares do Amazonas (CMP-AM) divulgou, na tarde desta quinta-feira, uma carta criticando duramente a total falta de ação e descaso do governo Bolsonaro frente à situação dramática na área da Saúde no estado do Amazonas. O Brasil tem assistido angustiado e estarrecido ao caos instalado em Manaus, com hospitais lotados e com gente morrendo por falta de oxigênio, por asfixia.

Na carta, a direção da CMP-AM lembra que desde que a pandemia chegou ao país Bolsonaro e todo seu governo menosprezaram a Ciência e a Tecnologia, cortaram recursos da Saúde e deixaram o povo amazonense à própria sorte, como acontece em todo o país. Em um dos trechos do documento, a CMP denuncia as condições de trabalho precárias dos profissionais de Saúde do estado, que estão “enfrentando uma carga horária insana para salvar as pessoas e diante de uma esperança desesperada por uma vacina, que já deveria ter chegado ao Brasil e em todos os estados”.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, esteve em Manaus na última segunda-feira (11) depois do caos já estar instalado e o estado alcançar 2080 casos de covid 19 por dia. De acordo com a direção da CMP, o único acerto do ministro com o governo estadual foi transferir centenas de pessoas infectadas para outros estados. “Para nós, essa estratégia do governo federal pode ser um tiro no pé, pois além de transferir pessoas, estará espalhando a nova variante desse vírus” e continua “levar nossos parentes para longe da gente só aumenta a dor e a angústia”.

A direção da CMP-AM cobra ainda o investimento nos institutos do estado, o enviou de equipes de apoio para aos profissionais, que tentam corrigir “a inércia de um presidente que vive fazendo comédia dessa pandemia”.

Abaixo carta na íntegra:

A Central de Movimentos Populares do Brasil, representada por sua coordenação no Amazonas, vem a público manifestar sua indignação ao governo de Bolsonaro pelas atitudes genocidas durante Pandemia da COVID-19. Queremos  lembrar que desde o inicio dessa pandemia, no ano passado, esse governo vem desvalorizando a ciência e tecnologia, cortando recursos da Saúde e minimizando esse vírus avassalador para nosso povo.  Por todo o ano de 2020 temos perdido vidas para essa doença contagiosa que nosso presidente da República se referiu como uma “ gripezinha “.

Nesse início de 2021 nosso povo enfrenta uma tragédia anunciada, na qual o desespero de milhares de famílias ecoam num grito de dor e revolta. Em meio ao caos, no qual alcançamos o número de 2080 casos de covid 19 por dia, recebemos a visita do ministro EDUARDO PAZUELLO no dia 11 de janeiro de 2021 com esperança de dias melhores para minimizar nossas angústias por ver tantos parentes indo embora sem despedidas.

Diante do quadro caótico, com o estado do Amazonas sem oxigênio para salvar vidas, com os profissionais da Medicina e da Enfermagem enfrentando uma carga horária insana para salvar as pessoas e diante de uma esperança desesperada por uma vacina, que já deveria ter chegado ao BRASIL, e em todos os estados, o ministro Pazuello saiu da cidade e deixou acertos com o governo estadual para a transferência de centenas de pessoas infectadas para outros estados da Federação. Para nós, essa estratégia do governo federal pode ser um tiro no pé, pois além de transferir pessoas, estará espalhando a nova variante desse vírus.  Somos eternamente gratos a todos os estados que estão recepcionando nossos parentes, mas entendemos que não foi uma estratégia inteligente, no mínimo suicida.

O governo genocida de Bolsonaro deveria ajudar a combater o vírus no próprio estado do Amazonas, investindo em nossas instituições de pesquisas como a FIOCRUZ, UFAM e outros órgãos que valorizam a ciência e a vida.  É preciso enviar equipes de apoio aos nossos heróis da Medicina que estão perdendo suas vidas, tentando corrigir a inércia de um presidente que vive fazendo comédia dessa pandemia. É preciso atender a população mais vulnerável com o auxílio emergencial. Enfim, levar nossos parentes para longe da gente só aumenta a dor e a angústia.

QUEREMOS RESPEITO E UM GOVERNO QUE PRIORIZE  A VIDA DAS PESSOAS!

Siga a CMP nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/cmpbrasil

Instagram: https://www.instagram.com/cmp.brasil/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: