Movimentos populares entregam propostas para reconstruir o Brasil e SP a Haddad e Márcio França

Movimentos populares participaram nesta quinta-feira (25) de uma plenária com Fernando Haddad (PT), candidato ao governo do estado de São Paulo, e Márcio França (PSB), candidato ao Senado, na Casa de Portugal, em São Paulo. Na ocasião, foi entregue a eles um documento com as principais propostas para reconstruir o Brasil e o estado paulista.

Raimundo Bonfim, coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP), discursou no ato e lembrou aos apoiadores de ambas candidaturas que, no mês de maio, esse mesmo documento chamado “Superar crise e recuperar o nosso país” foi entregue a Luiz Inácio Lula da Silva, candidato do PT à presidência da República.

“As propostas dos movimentos populares foram elaboradas por 97 organizações. Elas são muito importante porque nascem e são sustentadas pelo segmento que mais tem ligação com a população, que são os movimentos populares. Nunca antes tantos movimentos se uniram em torno de um único projeto que aponta caminhos para a superação da crise econômica e social na qual o país se encontra”, ressaltou Raimundo.

Após receber as propostas dos movimentos populares, Haddad destacou que  São Paulo terá rumo certo em um eventual governo seu. “Vou assumir o governo do estado para fazer a mediação entre a sociedade, que é quem paga os impostos, e o serviço público que foi desprestigiado pelo atual governo. Não vai ser tarefa fácil, mas vamos recompor o confisco dos salários e aposentadorias e colocar São Paulo em outra direção”, disse.

Veja abaixo o documento entregue a Fernando Haddad e Marcio França:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: