Atos por emprego, contra a carestia e a fome movimentam São Paulo no dia 21 de dezembro

Uma série de atos denunciará a grave crise de desemprego, a falta de renda, a carestia e a fome, que afeta milhares de famílias, principalmente os moradores da periferia. Em formato de marchas e próximos de supermercados, o movimento ocorrerá em bairros da periferia e na região central da Cidade de São Paulo, nesta terça-feira (21). A iniciativa poderá representar a retomada do movimento contra a carestia, que ocorreu no final dos anos 70 e início dos anos 80, quando eclodiu no país o desemprego, a carestia decorrente da alta da inflação e a fome. Hoje a situação é mais grave que naquela época.

No dia 24 de novembro a favela Heliópolis realizou uma Marcha da Panela Vazia, com mais de mil pessoas. Agora atos acontecerão em vários pontos da cidade.

O aumento do preço dos alimentos, do aluguel, do botijão de gás e das tarifas de energia tem penalizado as camadas mais empobrecidas da população. O desemprego atinge 13,5 milhões de trabalhadores e hoje 20 milhões de pessoas passam fome no Brasil.

Os integrantes dos atos levarão panelas, ossos, faixas e cartazes para chamar a atenção a respeito das crises social e econômica que assolam milhões de pessoas. Ao final de cada marcha será lida uma carta aberta à população que denuncia e alerta para a profunda desigualdade social no país. Para Raimundo Bonfim, coordenador nacional da Central de Movimentos Populares (CMP) e um dos articuladores do movimento, “o drama do desemprego e da fome é de tal magnitude que não bastam palavras de ordem, do tipo Natal sem fome, pois milhões de pessoas passarão fome neste Natal. Por isso, faremos as marchas por emprego, contra a carestia e a fome. Mostraremos que há comida nos supermercados, mas o que falta é emprego e dinheiro para comprá-la”, afirma Bonfim

Horários e os locais onde acontecerão os atos no dia 21 de dezembro:

  1. Centro – Rua XV de Novembro, 275 – 15h, contato: Carmen 99680-7409, Miriam 9 7727-2882.
  2. Favela Heliópolis – Rua da Mina, 38 – 16h – contato: Manoel 98058-1364
  3. São Mateus- Largo São Mateus, 15h – contato: Priscila 98258-4736.
  4. Grajaú – em frente à Marabraz do ponto final de ônibus Grajaú – 16h, contato: Nani, 9 4422-9006.
  5. Capão Redondo – Metrô Capão Redondo – 16h, contato: Mariana 99115-6397.
  6. Butantã – Avenida Corifeu Marques, 3672 – em frente ao Atacadão Roldão – 16h, contato: Josefa 98956-4108.
  7. Jardim Caraguatá – Praça Caraguatá, altura n° 3024 da Padre Arlindo – 16h, contato: Dito 97418-7161.
  8. Favela Paraisópolis, Rua da Feira, 775 – 16h, contato: Zé Maria 9 8456-9944
  9. São Miguel Paulista – Rua Rafael Zimbard, 49 (Ecoponto Lapenna) – 15h45, contato: Tamires 94899-7487.
  10. Vila Prudente – Metrô Vila Prudente (Saída Avenida Anhaia Melo) – 15h30, contato: Fabão 9 6787-2148.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: